domingo, março 15, 2015

Dia 15 de março

-
A democracia sai fortalecida das ruas neste dia 15. Mais de um milhão de pessoas mostrou ao governo brasileiro que não será cúmplice do maior assalto aos cofres públicos da história brasileira. Não foi por ódio, não foi por revanchismo, não foi por terceiro turno. O grito ‘chega de corrupção’ está carregado de indignação. O grito nas ruas expressa a repulsa de um povo diante de tanto desmando.
-
A quem interessa tachar os manifestantes de golpistas? Pedir o ‘Impeachment’, ou o ‘Fora Dilma’, é totalmente constitucional. Não há nada mais democrático do que isto. Não há nada mais justo do que um povo cansado de tanta injustiça sair às ruas pedindo por mudança. E pode ser que a mudança necessária seja a saída de uma presidente que no mínimo é conivente com tudo o que tem acontecido. Ainda assim, a saída de Dilma não seria golpismo.
-
É preciso parar com o discurso que teima dividir o país entre pobres e ricos, negros e brancos. É este discurso petista que implanta o ódio na nação. É preciso dar um basta em tantas mentiras do governo Dilma que afirmou que não mexeria nos direitos trabalhistas, e mexeu; afirmou que não aumentaria os impostos, e aumentou; criou o lema de uma pátria educadora ao mesmo tempo em que cortou 1/3 dos repasses para as universidades federais.
-
A nossa democracia ainda é muito nova, mas já tem dado sinais de amadurecimento. E não pense que mais um impeachment faria mal ao país. Continuar com o modelo atual de gestão fraudulenta será muito pior. Pelo dia 15 de março de 2015, a democracia brasileira agradece aos brasileiros. 
-

Ivan Cordeiro - presidente do Movimento Amigos de Conquista.
-

Nenhum comentário: