quinta-feira, junho 30, 2016

Não é uma simples quadra poliesportiva

A prefeitura de Conquista informa que está construindo
uma quadra que não existe no Pradoso
Por Ivan Cordeiro

Ontem foi uma barragem, hoje é uma quadra poliesportiva, amanhã pode ser um hospital, uma creche, uma escola. A vida não pode ser uma continuidade efêmera. Os traços da não-humanidade estão em todos os cantos, as pessoas não querem apenas uma mera existência, elas buscam por dignidade. Nada mais compreensível do que respeitar o ser humano em suas necessidades.

O ser humano extrapola os limites de sua própria realidade. O que significa as necessidades básicas de uma pessoa diante da complexidade da vida humana? A tensão existe em todo momento. Não é simplesmente beber, comer e se vestir. É muito mais do que isso. É reverência. É não negociar a necessidade do outro. É não manipular o desprovido. A promessa não provoca mais ou menos compromisso. A promessa provoca revolta.

As pessoas estão cansadas de serem enganadas. Na fila do hospital, no posto de saúde, na espera do ponto de ônibus. Existe um caminho em que o dinheiro é desviado, em que os políticos são corrompidos. Tem gente que vive em caminhos estreitos, se perdendo de si mesmo e roubando do outro, o sonho, a esperança, e a fé.

A expectativa da lista de espera da casa que nunca chega, do asfalto que nunca vem, da água que nunca cai na torneira, da luz que sempre permaneceu apagada na escuridão da noite. A vida teima em se repetir numa continuidade efêmera. Todavia, é preciso continuar acreditando em dias melhores, mesmo quando todos os prognósticos parecem desfavoráveis. 
-

Nenhum comentário: