quarta-feira, junho 29, 2016

Uma cidade para todos


Por Ivan Cordeiro

Precisamos construir uma cidade mais inclusiva. Pensar em cidade inclusiva é pensar na cidade como lugar de encontro. A cidade pode ser este lugar.  Nesse sentido, o gestor público deve trabalhar para tornar viável a vida na cidade. Não podemos parar diante do crescimento acelerado da população e dos diversos problemas que este crescimento ocasiona para a cidade.

Vitória da Conquista é uma cidade bonita e aconchegante, todavia, devemos garantir uma sustentabilidade social. O espaço urbano deve ser convidativo, confortável e seguro. O medo da violência não pode aprisionar as pessoas dentro de suas casas. A cidade precisa ser atrativa de maneira plena, desde o terminal de ônibus até o mercado municipal, passando pela biblioteca e praças.

Uma cidade para todos é possível, não pode faltar respeito entre as pessoas e um profundo entusiasmo pela vida. A cidade como lugar de encontro é a forma mais adequada para a redução do preconceito. Pessoas convivendo no mesmo espaço público podem construir relacionamentos saudáveis e respeitosos. 
-

Nenhum comentário: